União Homem e Máquina?

Esse eu vi em um site de notícias de Portugal…


Era capaz de casar-se com um robot?

2007/10/14 | 15:14 – Um cientista britânico defende que as relações amorosas entre os humanos e as máquinas vão deixar de pertencer ao mundo da ficção

Um cientista britânico, especializado em inteligência artifical, concluiu uma tese de doutoramento em que defende que num futuro relativamente próximo será possível um ser humano apaixonar-se e casar-se com um robot.

Na sua tese «Relações íntimas como companheiros articiais», defendida com sucesso na Universidade de Maastricht, na Holanda, David Levy argumenta que a semelhança entre os autómatos e as pessoas será tão grande a nível físico como emocional que será viável uma relação amorosa humano-máquina.

Esta conclusão resultou, de acordo com o cientista, de uma pesquisa exaustiva baseada em cerca de 450 publicações sobre psicologia, sexologia, inteligência artificial, robótica, estudos de género e interacção humano-computacional.


Mas o melhor vem depois… olhe os comentários:

Humm… Acho interessante, embora a notícia me suscite algumas dúvidas; por exemplo:
– Uma mulher dual-core amará dois homens ao mesmo tempo, ou amará um só ao dobro da velocidade?
– As louras serão todas Celeron, ou haverá também louras Athlon64?
– Quando a mulher começar a envelhecer, será possível fazer um upgrade?
– Se a mulher ficar chata e ranzinza, poderá fazer-se Ctrl-Alt-Del e reiniciar?
– Se se ligar uma mulher em rede, pode-se aceder remotamente a outras mulheres?
– Quando o disco duro ficar cheio, apagam-se ficheiros ou leva-se a uma maternidade?


Agradecimentos a Maísa, pela fonte.