Minha experiência com uma compra e um erro (meu) – Parte 01

Cofre Porco-AranhaUma coisa que eu pensei ter dominado com o tempo era o meu consumismo. Era só ter um dinheiro livre e pronto, lá se vai uma graninha e vem uma bugiganga aleatória qualquer (útil ou não). Depois de um tempo, eu fui amadurecendo e sabendo controlar gastos e guardar sempre um pouco. E foi assim por um bom tempo.

É claro, se aparece alguma oferta boa, de algo que eu realmente esteja de olho, eu aproveito. Mas sempre penso antes de agir. Quem me conhece sabe o doido que eu viro quando fico tentado a comprar algo. Pesquiso, reviro, cavuco e pesquiso de novo. E repito isso de novo e de novo até ter certeza absoluta de que é realmente isso o que eu quero. Às vezes até chego a conhecer melhor o produto antes de tê-lo do que se eu já o tivesse comprado há algum tempo.

E lá vou eu pra mais uma “loucura”. Depois de ter trocado a TV, comprado um Playstation 3 e ter montado um media center para poder ver meus filmes e séries confortávelmente, resolvi investir num home theater. Não queria algo muito caro, mas queria um com qualidade. É meio difícil conseguir algo com esses dois requisitos mas acabei arriscando. Vi uma promoção o HT-305SU, da LG e abracei ele sem pensar duas vezes. Em poucos dias o brinquedinho novo tinha chegado em minhas mãos. Vim todo feliz com meu HT novo testá-lo em casa. Montei ele com todo cuidado, liguei na minha TV só para testar e coloquei um filme (300) para tocar. Apesar de ser DVD, a imagem ficou linda graças ao upscalling que o player faz. O som então ficou perfeito! Muito limpo, qualidade do jeito que eu gosto. Sabe criança com brinquedo novo? Eu estava assim.

O problema é que eu tô numa semana de azar. E isso não poderia ficar de fora. Depois de testar com filmes, fui testar a TV e o videogame com o som do home theater. Tá, vamos ligá-lo e… como? Infelizmente, o aparelho não tinha entrada óptica. Essa entrada permitiria que eu passasse o som digital da TV/PS3 para o HT. Olhei de um lado, olhei de outro e não achei nada. Fui partir pro óbvio: manual e internet. E olha lá a resposta: Este modelo não possui entrada óptica. Aí você pode pensar: “Ah, Thiago. Mas aí é só plugar as RCA…“. É, isso ele tem. Os famosos cabos de duas pontas (vermelha e branca) estão lá. O problema é que nem minha TV e nem o videogame (que estava ligado via HDMI) poderiam usar. Aí o sorriso que eu tinha no rosto sumiu… (risos).

Primeira coisa que eu pensei foi naquela situação que duas palavras resumem: Por Que. Por que eu fui comprar algo sem pesquisar? E lá vou eu acumular mais uma coisa aqui por consumismo. Pensei, andei, quase fiz um buraco no chão de tanto andar em círculos igual ao Tio Patinhas. É, ser afobado é uma característica que me define bem. E depois de matutar, cheguei na triste conclusão: vou devolvê-lo.

Caso você não saiba, você tem esse direito caso se arrependa de uma compra (Maiores informações, leia o Código de de Defesa do Consumidor). Procurei pelo site da loja a “Política de Trocas e Devoluções” e vi os requerimentos. O produto estava OK. a embalagem praticamente intacta e os plásticos lá, mostrando que o produto acabou de sair da caixa. Perfeito, atende a todos. Peguei o telefone e liguei pra lá. Nessa hora vem na cabeça o tamanho do problema que iria passar em breve. Burocracia, esperas… isso sem falar que eu poderia ter este pedido negado. Enquanto ia sendo transferido, fui navegando pelo site da loja nos outros modelos. Afinal eu queria um home theater de qualquer maneira. Fui até atendido rápido, passei o número do pedido, apresentei meu “problema” e fiz a solicitação de troca. Quando me deram as opções de trocas, ou ter o dinheiro de volta ou trocar por um vale compras no valor que eu havia pago, eu achei um modelo com o que eu queria. Pedi um tempinho pra atendente pra poder dar uma googlada sobre esse modelo. E pronto, achei alguém postando exatamente a mesma situação que eu estava. Dei mais uma pesquisada e pronto, era aquele mesmo. Falei com a atendente que queria trocar o produto por este outro modelo. Como ele custa um pouco mais que o modelo que eu havia comprado (e era um pouco melhor também), ela não teve como recusar. Procedimento de troca iniciado! Hoje eu recebi um e-mail informando que o produto seria coletado no dia seguinte e que assim que ele voltasse a central de distribuição, eles avaliariam e me enviariam a autorização para trocar finalmente pelo outro modelo.

Essa é a primeira parte, o resto eu conto em breve (se der certo ou não).

3 comentários em “Minha experiência com uma compra e um erro (meu) – Parte 01

Os comentários estão desativados.