Baratas

Ontem à noite eu estava na casa da minha noiva quando de repente ela avista uma barata (às vezes eu me pergunto por que as mulheres vêem tantas baratas…), então ela me faz o famoso pedido:

-Mata a barata para mim meu amor!

Eu olhei no fundo dos olhos dela e pensei (pu.ta que pa.riu! e agora?) Mas como eu sou macho(cado) fui lá para dar fim a vida deste maligno inseto.

Peguei meu chinelo e fui na direção dela, a cada passo que eu dava meu coração batia mais forte, quando eu estava diante dela ela olhou para mim, abriu as assas e começou a sorrir! Juro por Deus! A maldita estava rindo de mim! É como se ela dissesse:

– “Hahaha você não tem coragem!, Vem pra porrada vem, vem”!

As antenas dela começaram a bater uma na outra, e eu parado na frente dela e minha noiva gritava da sala “já matou a barata?” e eu não respondia, e a barata começou a tirar um “barato” da minha cara!

“De repente, mas não mais que repente” minha noiva chega, toma o chinelo da minha mão mata a barata e fala:

“Não fazem mais homens como antigamente…” Abaixei a cabeça, olhei para a falecida barata e quando eu menos esperava, ela piscou para mim, balançou as antenas e deu seu ultimo sorriso…

Voltei para o sofá triste, minha noiva com um sorriso maroto no rosto e pensando: Meu Deus até onde vai essa fobia?

Fonte: Link

Um comentário em “Baratas

Os comentários estão desativados.